Notícias

noticias.tvm.co.mz

Notícias

noticias.tvm.co.mz

%AM, %16 %454 %2017 %11:%Fev.

Egípcios "asfixiados" numa crise económica profunda

Escrito por Euro News/Redação

1000x563_357982.jpg

O Egito do pós Primavera Árabe vive cada vez com maiores dificuldades. As recentes medidas tomadas pelo presidente Al Sissi para tentar o reequilíbrio macro-económico estão a afundar diariamente a economia. A crise profunda que o país atravessa levou o presidente a fazer mudanças no governo. O parlamento aprovou na terça-feira o nome dos novos ministros que deverão aplicar a austeridade.

A crise ilustra-se nomeadamente por uma inflação galopante. Em setembro de 2016 atingia os 13%, em dezembro, 24% e no princípio deste ano chegou aos 30%

Em paralelo com a inflação, a libra egípcia está em forte queda nos mercados internacionais: Desde outubro de 2016, a moeda perdeu metade do valor, de 8,83 libras por dólar em novembro de 2016 passou para 16 libras por dólar em janeiro de 2017. Esta situação deve-se, em grande medida, ao plano de reformas económicas impostas ao país pelo Fundo Monetário Internacional (FMI.)

Os produtos de primeira necessidade como o arroz, a farinha, o café e o açúcar – na maioria importados – viram os preços subir 80% em apenas alguns meses. Todos os outros produtos sofreram uma subida da ordem dos 40%.

E o Egito importa cada vez mais produtos essenciais. No biénio 2016-2017 o consumo de trigo ronda os 20 mil milhões de toneladas. O país importa quase 12 milhões, bem mais de metade.

As famílias, completamente esmagadas pela subida dos preços viram-se, cada vez mais, para os produtos manufaturados localmente. Mas, mesmo assim, a situação é difícil como refere um comerciante, Emad Maher: “Não há um cliente que não se queixe. Coisas que costumavam custar 1 libra agora custam 5, e o que quer que custasse 5, agora custa 10 libras. Alguns preços são exagerados, mas não sei porquê. Há uma razão para que o governo deixe isto acontecer. Qual é a razão, não sabemos”.

A razão é que o FMI acordou um empréstimo de 12 mil milhões de dólares ao Egito em troca de medidas drásticas de austeridade para estabilizar os indicadores macro-económicos. A situação para os egípcios tem tendência a piorar com a segunda vaga de restrições orçamentais já prevista. Em preparação está o aumento do IVA e o fim das subvenções do Estado aos produtos de grande consumo.

Ler 2340 vezes

Programas

  • IJornal da Tarde

    Jornal da Tarde

      Notícia ao meio dia sobre os principais acontecimentos do país e do mundo. Passa também em directo a partir do Centro de Televisão da Beira, via fibra óptica. Horário: 13 horas Pe...

    Readmore

  • IPrimeira Página

    Primeira Página

      Talk show de informação diária. Programa que debate e analisa assuntos da actualidade com enfoque para conteúdos sociais, económicos, políticos, desportivos e culturais de impacto. O pro...

    Readmore

  • ITelejornal

    Telejornal

      Principal serviço noticioso da televisão moçambicana, leva até ao telespectador, notícia actualizada e em primeira mão sobre sociedade, política, economia, desporto e cultura. ...

    Readmore

  • Jornal da Tarde

    Jornal da Tarde

  • Primeira Página

    Primeira Página

  • Telejornal

    Telejornal

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 70.12 71.52
USD 59.37 60.56
ZAR 4.72 4.82
Fonte: BCI, 22 de Maio de 2018

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small

Powered by jms multisite for joomla