Notícias

noticias.tvm.co.mz

Notícias

noticias.tvm.co.mz

comnnmcnm.jpg

Presidente da República reúne com a comunidade moçambicana residente em Nairobi, no Quénia.
Falta de bilhetes de identidade e passaportes bem como os ataques da Renamo, foram as inquietações manifestações ao Chefe de Estado.
Filipe Nyusi prometeu continuar a fazer de tudo para o estabelecimento de uma paz efectiva no país, assim como a criação de condições para a emissão de documentos aos moçambicanos.

sábado, 27 agosto 2016 17:49

Moçambique e Japão reforçam cooperação

ticadprjpn.jpg

O Presidente da Republica, Filipe Nyusi, diz que com a reeleição do Primeiro-ministro Japonês Shinzo Abe, estão criadas as condições para a continuação e reforço dos investimentos que Moçambique recebe daquele país asiático.

Filipe Nyusi fez este pronunciamento no encontro bilateral que manteve com chefe de executivo Japonês em Nairobi onde participa na conferência do TICAD.

dscormarp.jpg

O Presidente da República, Filipe Nyusi, apresentou o segundo relatório de progresso de Moçambique no domínio do MARP, onde destaca avanços no domínio da Democracia e Governação Pública, Gestão económica, Integração Regional, Desenvolvimento Socioeconómico, entre outras áreas.

quimmsir.jpg

O governo sírio e os extremistas islâmicos usaram armas químicas contra as forças rebeldes e a população civil.

O relatório da Missão de Investigação Conjunta, entregue ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, identifica pelo menos dois ataques químicos perpetrados pelas forças governamentais e um, com gás mostarda, por parte do grupo radical Estado Islâmico.

Em outros seis casos, os peritos não encontraram provas suficientes.

Segundo o documento, os helicópteros do regime de Bachar al-Assad largaram um artefacto que libertou uma “substância tóxica” em Talmenes, a 21 de abril de 2014, e outro em Sarmin, a 16 de março de 2015. Nos dois casos trata-se de gás de cloro.

Os peritos concluiram também que o grupo Estado Islâmico era a “única entidade com habilidade e capacidade” para usar gás mostarda na cidade de Marea, no norte da província de Alepo, em agosto do ano passado.

Numa mensagem à Rússia, os Estados Unidos estimam que agora é “impossível negar” o uso de armas químicas por parte do governo sírio e pede que Bachar al-Assad seja responsabilizado.

O Conselho de Segurança da ONU discute o assunto na próxima semana. Poderá impor sanções à Síria e enviar o caso para o Tribunal penal Internacional. Mas a Rússia, aliada do regime sírio, tem direito de veto.

naom_57bd3cfc0f4e6.jpg

Mais de 300 réplicas foram registadas, durante a noite passada, nas zonas do centro de Itália atingidas, na madrugada de quarta-feira, por um terramoto de magnitude 6,2 na escala de Richter, que fez pelo menos 247 mortos.

O número foi avançado hoje pelos 'media' italianos.

Segundo os dados do Instituto Italiano de Geofísica e Vulcanologia (INGV), a maior das réplicas registadas nas últimas horas, de 4,5, ocorreu às 03:17 (02:17 em Lisboa) e afetou a província de Rieti.

Com magnitudes superiores a 2 foram também atingidos, entre outras, Perugia (2,9), Ascoli Piceno (2,6) e Aquila.

O mais recente balanço oficial do forte terramoto da madrugada de quarta-feira, facultado hoje pela Proteção Civil italiana, aponta para 247 vítimas mortais.

Programas

  • Presidente Filipe Nyusi faz balanço do meio-termo

    Presidente Filipe Nyusi faz balanço do meio-termo

  • DOCTV

    DOCTV

  • TVM Internacional

    TVM Internacional

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 71.08 72.51
USD 60.20 61.40
ZAR 4.42 4.51
Fonte: BCI, 21 de Outubro de 2017

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small

Powered by jms multisite for joomla